O Uso Indiscriminado De Antibióticos E As Resistências Bacterianas

  • Josefa Vancleide Alves Dos Santos Garcia
  • Larissa Comarella

Resumo

Importa ressaltar que os antimicrobianos perpassaram por pesquisas e foram desenvolvidos no intuito de tratar doenças infecciosas, descoberta que inegavelmente revolucionou a ciência, bem como o mercado de remédios no mundo todo. Contudo, posteriormente notou-se o surgimento de bactérias que resistem aos efeitos desses antimicrobianos, tal situação, desde então tem sido encarada como desafio para medicina. É pertinente elucidar que uma das causas dessa resistência bacteriana está relacionada ao uso desses medicamentos que tem acontecido de forma indiscriminada. A busca por efeitos imediatos quase sempre leva o paciente a procura por prescrição desnecessária e deturpada, além ainda da automedicação dos antimicrobianos, que para a ANVISA essa realidade perpassa por duas práticas distintas: a automedicação e o uso indiscriminado de medicamentos. Mediante tais percepções, é notória a necessidade de um estudo que vislumbre a conscientização sobre o uso desses medicamentos, sendo assim, objetiva-se em discutir e fomentar o tema para que a preocupação entre os profissionais de farmácia também seja validada, concebendo que o aponderamento de medicamento causa riscos tanto para quem o ingere quanto para as pessoas de seu convívio. Dessa forma, ressalta-se que este estudo a priori será executado através de pesquisa bibliográfica sobre o uso indiscriminado de antimicrobianos, vislumbrando e pautando na necessidade de atenção quanto a aplicabilidade desses medicamentos

 Palavras-chave:  Antibióticos; Resistência Bacteriana; medicamentos; Saúde; Conscientização

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-05-06
Seção
Artigo