Hotelaria hospitalar e a gestão em enfermagem

  • Clarissa Vasconcelos Silva de Souza Uninter pós graduação

Resumo

Resumo

O presente artigo é um levantamento bibliográfico do tipo descritivo que discute o serviço de hotelaria hospitalar, com o intuito de conhecer melhor suas características. Evidencia-se, também, o papel da humanização e da organização dos serviços prestados pela enfermagem para a qualidade e efetividade da assistência à saúde, a qual acarretará benefícios para a instituição, profissional e usuário. Neste contexto, nota-se as dificuldades da gestão em enfermagem que podem ser amenizadas pelo serviço de hotelaria hospitalar. Verifica-se um elo positivo entre a hotelaria hospitalar e a gestão em enfermagem, que é a organização e humanização na assistência ao paciente. Há falhas que ocorrem por falta de profissionais, materiais ou atribuições e estão além da capacidade da equipe. Percebe-se que para o sucesso de uma instituição ou de um tratamento é necessário, além do foco na patologia, envolver a organização da instituição de saúde para suprir as necessidades do paciente de forma individual, ao englobar a família e a comunidade.

Palavras-chave: Hotelaria hospitalar. Gestão em enfermagem. Humanização.

Abstract

The present article is a descriptive bibliographic survey that discusses the hospitality services in hospitals to know its characteristics better. It also highlights the role of humanization and the organization of nursing services for the quality and effectiveness of health care, which will bring benefits to the institution, professional, and user. In this context, it is possible to perceive the difficulties of nursing management that the hospital hotel service can mitigate. There is a positive link between hospital hospitality and nursing management, which is the organization and humanization of patient care. Some failures occur due to a lack of professionals, materials, or assignments beyond the team's capacity. It is perceived that for the success of an institution or a treatment, it is necessary, in addition to the focus on pathology, to involve the health institution's organization to meet the needs of the patient individually, when encompassing the family and community.

Keywords: Hospital hospitality. Nursing management. Humanization.

Resumen

El presente artículo es una revisión bibliográfica de tipo descriptivo que discurre sobre el servicio de hotelería hospitalaria, con la intención de conocer mejor sus características. Pone en evidencia, también, el rol de la humanización y de la organización de los servicios prestados por la enfermería en la calidad y efectividad de la asistencia a la salud, que producirá beneficios para la institución, para el profesional y para el usuario. En ese contexto, se perciben las dificultades de la gestión de enfermería que pueden ser atenuadas por el servicio de hotelería hospitalaria. Se verifica un nexo positivo entre hotelería hospitalaria y gestión en enfermería, que es la organización y humanización en la atención al paciente. Hay fallas que se producen por escasez de profesionales, materiales o atribuciones y van más allá de la capacidad del equipo de trabajo. Se percibe que, para que una institución o un tratamiento sean exitosos, es necesario, más allá del cuidado de la patología, que toda la organización de la institución de salud se sienta concernida en la atención a las necesidades del paciente en forma individual, así como a la familia y a la comunidad.

Palabras-clave: Hotelería hospitalaria. Gestión en enfermería. Humanización.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Clarissa Vasconcelos Silva de Souza, Uninter pós graduação

enfermeira do hospital universitário de segipe com experiencia em enfermagem cirurgica, ostomias e saúde pública,

Referências

APPOLINÁRIO, Fábio. Metodologia da Ciência: Filosofia e Prática de Pesquisa. São Paulo: Pioneira Thomson Learding,2006.

BOEGER, Marcelo A. Gestão em Hotelaria Hospitalar. 3ª edição. São Paulo: Editora Atlas, 2008.

BRASIL. Ministério da saúde. Disponível em< http://www.saude.gov.br/acoes-e-programas/politica-nacional-de-saude-bucal/legislacao/693-acoes-e-programas/40038-humanizasus >acesso em 19/09/2020.

BRASIL. Ministério do Turismo. Hotelaria e Hospitalidade- Livro do Professor. São Paulo: Ministério do Turismo, 2007.

CELICH, Kátia L. S. Dimensões do Processo de Cuidar. 1ª edição. Rio de janeiro: EPUB, 2004.

CHIAVENATO, Idalberto. Introdução a Teoria Geral da Administração. 4ª edição. São Paulo: Makron Books,1993.

CONSELHO FEDERAL DE ENFERMAGEM. Parecer nº 2/2018/COFEN/CTLN. Organização da enfermagem. Definição da supervisão de enfermagem.2018.

Lei 7498 /86, de 25 de junho de 1986.Lei do exercício profissional da enfermagem. Disponível emhttp://www.cofen.gov.br/lei-n-749886-de-25-de-junho-de-1986_4161.html acesso em 22/09/2020.

MARQUES, M.; PINHEIRO, M.T. A influência da qualidade na hotelaria hospitalar. São Paulo: Revista Anagrama. Revista Multidisciplinar de Graduação. Ano 02-Ed. 03. março /maio 2009.

NISHIO, Elizabeth A. ; FRANCO, Maria Teresa G. Modelo de Gestão em Enfermagem: qualidade assistencial e segurança do paciente. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011.

TEZZA, Eder. Humanização da Atenção à Saúde. 1ª edição. Petrópolis, RJ: EPUB, 2008.

TIMBY, Barbara K. Conceitos e Habilidades Fundamentais no Atendimento de Enfermagem. 6ª edição. Porto alegre: Editora Artmed, 2001.

Publicado
2021-04-15
Seção
Artigo